II Concerto da Primavera

Uma Escola só vale a pena se nos ensinar a gostar de nós mesmos, mas para gostarmos de nós temos que saber quem somos, de onde viemos e quem esteve aqui antes de nós.

A cultura tradicional que neste concerto celebrámos leva-nos a isso: olhando as nossas raízes saberemos guiar os nossos ramos.

Por isso, mais uma vez, abrimos os ouvidos e o coração para acolher a nossa música tradicional e, depois de a fazermos nossa, partilhámo-la com as nossas famílias e os nossos amigos.

Mas desta vez fomos ainda mais longe. 

Partimos da fonte da música tradicional e desaguámos nos autores que nela foram beber para criarem as suas obras.

Estivemos com o José Afonso, com o Vitorino, com o Fausto Bordalo Dias, com o Luís Bettencourt e até com o poeta João de Deus.

Desde o início do ano letivo que ouvimos, estudámos, decorámos e trabalhámos com afinco estas canções. Depois, nesta aventura, ainda se juntou a nós a Orquestra Aeminium, a quem agradecemos ter aceite fazer esta caminhada connosco.

Cantar o passado para celebrar o futuro foi a mensagem que com este concerto tentámos transmitir a toda a nossa comunidade educativa.

Bem hajam todos os que tornaram este concerto possível, com uma palavra de agradecimento especial aos músicos que connosco partilharam o palco e às famílias que acorreram em grande número e juntaram entusiasmo e alegria à nossa festa.

Luís Pedro Madeira